Submarino Riachuelo receberá os últimos equipamentos antes de ser lançado ao mar

O Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) prevê a construção de 4 submarinos convencionais S-BR, derivados dos submarinos franceses classe Scorpéne, cujo projeto foi desenvolvido pela empresa estatal francesa DCNS, hoje denominada Naval Group, e construído sob a fiscalização da Marinha do Brasil. Depois dos submarinos convencionais, a  Marinha construirá o primeiro Submarino com Propulsão Nuclear (SN-BR), este já totalmente projetado pela Marinha, através do conhecimento absorvido com a transferência de tecnologia adquirida no projeto dos submarinos convencionais.

O Riachuelo, com propulsão diesel elétrica, é o primeiro dos quatro submarinos que estão sendo construídos simultaneamente na Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas – UFEM/Nuclep, no Rio de Janeiro. Foi transportado para o EBN – Estaleiro e Base Naval da Marinha, em Itaguaí, onde será acabado e lançado ao mar, provavelmente em junho desse ano. Ele está praticamente pronto. O cronograma prevê que o cabeça de classe, o Riachuelo, será lançado ao mar, mas isso não significa que ele será imediatamente transferido ao setor operativo da Marinha do Brasil. Antes, passará por diversos testes de mar que tem por objetivo aferir e certificar os seus sensores, sistemas de combate, etc. O Riachuelo deverá, por exemplo, realizar teste de profundidade máxima e lançar um torpedo. A previsão é para que o Riachuelo seja comissionado ainda em  2018.

Essa nova etapa do PROSUB – projeto de fabricação de submarinos, desmistifica o receio de paralização do projeto por consequência da crise na economia do país, prova a integridade e determinação na condução/gestão da Marinha, como também é um resgate da competência da engenharia brasileira. A finalização do Riachuelo é um marco para a tecnologia brasileira no desenvolvimento de um projeto de tamanha envergadura. O Brasil com essa realização está preste a ser a sétima potência no mundo a ter know how para fabricar submarinos e a terceira nação do mundo a projetar e construir submarinos com propulsão nuclear.

Esse projeto inova não só pelo seu ineditismo tecnológico, mas também pela  construção de uma complexa base de fabricação e operação de submarinos da Marinha visando assegurar a soberania na plataforma continental do Brasil. Além disso, como terceiro objetivo, o projeto apresenta alto índice de nacionalização, exatamente para  desenvolver uma indústria de defesa, visando manter esses equipamentos operando ao longo da sua vida operacional.

A Micromazza entrou de cabeça nesse desafio tecnológico, fornecendo as válvulas mais complexas dos submarinos convencionais e trabalhando fortemente para fornecer as válvulas críticas e não críticas do projeto do submarino de propulsão nuclear, que serão gerenciados pela Marinha e não mais pela Naval Group.

Essa experiência tem sido desafiadora para a Micromazza, não apenas pela complexidade do projeto, mas também, pelo tratamento de segredo militar atribuído. Não podendo deixar de destacar, a obrigação de plena transferência de tecnologia exigida pela Marinha, gerando também a dificuldade nessa absorção, por aspectos mercadológicos futuros, além do desafio da língua e diferença cultural.  Mas, a superação dessas dificuldades, nos enche de orgulho, pois  transcorreu como foi a história da Micromazza nessa trajetória dos 25 anos, com muita luta, garra e vitória.

Fonte: ASCOM Micromazza

Micromazza 25 anos: uma história de sucesso!

O que é a vitória? Vitória é vencer uma batalha, um inimigo, é obter êxito em algum desafio. Mas não se deve pensar na vitória como um grande triunfo na vida, algo que apenas se vive uma vez, como um grande feito.
Diariamente, nós enfrentamos desafios, diariamente nós vencemos batalhas. A vitória pode se obter com pequenas conquistas diárias. E cada vitória tem o tamanho do seu desafio.
A história da Micromazza começou há 25 anos atrás, no dia 01 de abril de 1993. E no último dia 28 de abril foi escrita mais página nesse livro de memórias. A empresa promoveu uma comemoração especial para celebrar seu vigésimo quinto aniversário.
Durante a festa, fizeram-se presentes autoridades políticas da região, clientes, funcionários, amigos, familiares e demais convidados que de uma maneira ou de outra fizeram parte da história da empresa.
Para dar início à celebração, o Frei Lori fez uma reflexão sobre a construção da história de uma empresa bem como as dificuldades enfrentadas por ela no decorrer do tempo. O Frei deixou uma mensagem de superação, motivação e nos aconselhou a não desistir nunca e persistir em nossos sonhos.
Logos após, foi a vez do presidente, senhor Antônio Camana Filho fazer uso da palavra. Quem o conhece, sabe que não é muito chegado em discursos, porém, emocionou a todos contando sobre sua trajetória de vida pessoal e profissional, os desafios que enfrentou no decorrer dos anos e o apoio constante que teve da família.
Além disso, também foram homenageados os funcionários que completaram 15 e 20 anos de empresa, bem como os clientes mais antigos da área de Microfusão e de Válvulas. Cada funcionário recebeu uma placa comemorativa com sua própria caricatura. Os clientes receberam uma placa com mensagem alusiva a parceria de negócios.
Durante a homenagem aos funcionários, foram exibidos entrevistas e vídeos de familiares falando sobre eles. Foi um momento muito emocionante e especial, em que pudemos perceber o quão importante a empresa foi e ainda é na vida de cada uma dessas pessoas.
Também foi feita uma homenagem à colaboradora e sócia, Ledani Pocai, que é a funcionária que há mais tempo está na empresa, desde agosto de 1993.
Foram exibidos vídeos das empresas que fazem parte do grupo ACF e também uma mensagem do governador do estado do RS, senhor José Ivo Sartori. Foi possível acompanhar o crescimento da empresa no decorrer dos anos, a evolução tecnológica, o constante investimento em infraestrutura e o trabalho de equipe para construir uma história de muito sucesso.
Após finalizado o cerimonial, foi feito um brinde em honra ao aniversário de 25 anos da Micromazza e em seguida foi servido o jantar. A empresa também disponibilizou aos funcionários dois “espelhos mágicos”, onde era possível tirar uma foto e leva-la pra casa como lembrança deste dia tão memorável.
A festa ficou a cargo da banda Brilha Som e seguiu até às 3 horas da madrugada com muita dança e alegria.


Homenagem ao cliente Zegla


Homenagem ao cliente Dearborn


Funcionários homenageados que completaram 20 anos


Funcionários homenageados que completaram 15 anos


Caricatura dos funcionários homenageados no evento


Diretores de empresas do Grupo ACF

Fonte: ASCOM Micromazza

Wenmazza obtém recertificação da ISO 9001:2015

A ISO 9001 é uma norma internacional que define requisitos do Sistema de Gestão da Qualidade de quaisquer tipos de organizações e visa estabelecer critérios para um adequado gerenciamento do negócio tendo como foco principal a satisfação do cliente. Ser uma empresa certificada ISO 9001:2015 é sinônimo de padronização de seus processos assim como estar em busca constante da excelência.
A Wenmazza implantou a ISO 9001:2000 durante o ano de 2006. Ao final daquele ano foi auditada pela DNV ganhando assim a certificação ISO 9001:2000.
Desde então, auditorias anuais de manutenção para recertificação tem sido realizadas, tanto na Micromazza, quanto na Wenmazza. No mês de janeiro a Wenmazza foi recertificada com o selo ISO 9001:2015.
Na Wenmazza/Micromazza, os funcionários sempre dizem que ser certificado com o ISO 9001 é uma questão de padrão de atendimento e manter essa certificação ao longo desses anos é motivo de grande satisfação.
O Sistema de Gestão da Qualidade, hoje, é coordenado por André Rasador. Mas é graças ao esforço de todos que a Wenmazza/Micromazza podem se orgulhar dessa certificação. Parabéns a todos!

Cert 9001 – 173999-2015-AQ-BRA-INMETRO

Festa de Final de Ano do Grupo Micromazza

No sábado, 09 de dezembro, foi realizada a Festa de Fim de Ano do Grupo Micromazza. O evento ocorreu na sede do CTG de Vila Flores e contou com a presença de funcionários, diretores e autoridades municipais.
Este foi um momento de confraternização e também de integração da empresa.
Agradecemos a presença de todos!