Micromazza recebe Prêmio Melhores Fornecedores Petrobras 2018

Imagem

Em 2017 a Petrobras retomou o programa anual de premiação dos melhores fornecedores, visando reconhecer publicamente o seu melhor parceiro em produtos e serviços. No caso de produtos, consideraram aqueles que melhor lhes atenderam nos quesitos: preço, cumprimento aos prazos de entrega, melhores índices de qualidade e atendimento às especificações técnicas, refletindo em baixas não conformidades na fabricação e no seu sistema de pós-vendas.

Estimulados por essa retomada da Petrobras, iniciamos em 2018 um projeto chamado “Rumo ao Prêmio Petrobras 2018”, que movimentou toda a empresa nesse objetivo.

Em março de 2019 fomos eleitos o MELHOR FORNECEDOR DE VÁLVULAS PARA A PETROBRAS, dentre grandes players mundiais do segmento de Óleo&Gás.

Esse prêmio chegou como um presente para a Micromazza, pois em Abril comemoramos 26 anos de atuação no mercado de válvulas. Este reconhecimento engrandece o trabalho de toda a equipe, que diariamente constrói a história de sucesso com foco em valores éticos, sociais, disciplina, inovação, segurança e respeito à todos.

Nesse momento de alegria, a Micromazza divide essa premiação e agradece aos seus funcionários, fornecedores e parceiros de jornada.

Novos projetos de Válvulas Micromazza

A Micromazza ao longo do ano de 2018 trabalhou intensamente nas melhorias de seus produtos e criação de novos, com o objetivo de satisfazer os clientes fidelizados e conquistar novos mercados.

Foram realizadas otimizações e melhorias de projetos já existentes, bem como a criação de novos produtos.

A Figura abaixo apresenta imagens de alguns projetos recentes desenvolvidos pela Micromazza.

Conclui-se que o trabalho realizado pelo projeto e desenvolvimento juntamente com a colaboração de todos os setores da empresa, gera satisfação dos clientes e mantém a empresa no caminho do progresso e melhoria contínua.

No site Micromazza é possível visualizar o catálogo atualizado de produtos: http://www.micromazza.com.br.

Fonte: Engenharia Micromazza

SIPAT 2018 Micromazza / Wenmazza

O Setor de Segurança, juntamente com a CIPA realizaram a SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidente de Trabalho de 05 a 09/11/18, onde foi abordado o seguinte tema: “Seu maior patrimônio é a VIDA, sua maior proteção é a PREVENÇÃO”.

Conforme a programação, foi realizado um treinamento com o Fisioterapeuta Hoviler Bisinella para explicar o que é ERGONOMIA, dando dicas de postura no trabalho e postura corporal. Em setembro deste ano a Micromazza e Wenmazza iniciaram o levantamento de ANÁLISE ERGONÔMICA, a fim de melhorar o local de trabalho dos funcionários e preservar sua saúde.

Também foi oferecida uma palestra com o Dr. Júlio Papini, novo médico que atende nas empresas Micromazza/Wenmazza, com o tema QUALIDADE DE VIDA.

E, seguindo com o tema prevenção, em parceria com a Unimed, foi feita a verificação da saúde: HGT e pressão arterial, onde participaram 74 funcionários.

O departamento de segurança juntamente com os integrantes da CIPA agradecem a participação de todos.

 

Fonte: Departamento de Segurança / CIPA

Submarino Riachuelo receberá os últimos equipamentos antes de ser lançado ao mar

O Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) prevê a construção de 4 submarinos convencionais S-BR, derivados dos submarinos franceses classe Scorpéne, cujo projeto foi desenvolvido pela empresa estatal francesa DCNS, hoje denominada Naval Group, e construído sob a fiscalização da Marinha do Brasil. Depois dos submarinos convencionais, a  Marinha construirá o primeiro Submarino com Propulsão Nuclear (SN-BR), este já totalmente projetado pela Marinha, através do conhecimento absorvido com a transferência de tecnologia adquirida no projeto dos submarinos convencionais.

O Riachuelo, com propulsão diesel elétrica, é o primeiro dos quatro submarinos que estão sendo construídos simultaneamente na Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas – UFEM/Nuclep, no Rio de Janeiro. Foi transportado para o EBN – Estaleiro e Base Naval da Marinha, em Itaguaí, onde será acabado e lançado ao mar, provavelmente em junho desse ano. Ele está praticamente pronto. O cronograma prevê que o cabeça de classe, o Riachuelo, será lançado ao mar, mas isso não significa que ele será imediatamente transferido ao setor operativo da Marinha do Brasil. Antes, passará por diversos testes de mar que tem por objetivo aferir e certificar os seus sensores, sistemas de combate, etc. O Riachuelo deverá, por exemplo, realizar teste de profundidade máxima e lançar um torpedo. A previsão é para que o Riachuelo seja comissionado ainda em  2018.

Essa nova etapa do PROSUB – projeto de fabricação de submarinos, desmistifica o receio de paralização do projeto por consequência da crise na economia do país, prova a integridade e determinação na condução/gestão da Marinha, como também é um resgate da competência da engenharia brasileira. A finalização do Riachuelo é um marco para a tecnologia brasileira no desenvolvimento de um projeto de tamanha envergadura. O Brasil com essa realização está preste a ser a sétima potência no mundo a ter know how para fabricar submarinos e a terceira nação do mundo a projetar e construir submarinos com propulsão nuclear.

Esse projeto inova não só pelo seu ineditismo tecnológico, mas também pela  construção de uma complexa base de fabricação e operação de submarinos da Marinha visando assegurar a soberania na plataforma continental do Brasil. Além disso, como terceiro objetivo, o projeto apresenta alto índice de nacionalização, exatamente para  desenvolver uma indústria de defesa, visando manter esses equipamentos operando ao longo da sua vida operacional.

A Micromazza entrou de cabeça nesse desafio tecnológico, fornecendo as válvulas mais complexas dos submarinos convencionais e trabalhando fortemente para fornecer as válvulas críticas e não críticas do projeto do submarino de propulsão nuclear, que serão gerenciados pela Marinha e não mais pela Naval Group.

Essa experiência tem sido desafiadora para a Micromazza, não apenas pela complexidade do projeto, mas também, pelo tratamento de segredo militar atribuído. Não podendo deixar de destacar, a obrigação de plena transferência de tecnologia exigida pela Marinha, gerando também a dificuldade nessa absorção, por aspectos mercadológicos futuros, além do desafio da língua e diferença cultural.  Mas, a superação dessas dificuldades, nos enche de orgulho, pois  transcorreu como foi a história da Micromazza nessa trajetória dos 25 anos, com muita luta, garra e vitória.

Fonte: ASCOM Micromazza

Micromazza 25 anos: uma história de sucesso!

O que é a vitória? Vitória é vencer uma batalha, um inimigo, é obter êxito em algum desafio. Mas não se deve pensar na vitória como um grande triunfo na vida, algo que apenas se vive uma vez, como um grande feito.
Diariamente, nós enfrentamos desafios, diariamente nós vencemos batalhas. A vitória pode se obter com pequenas conquistas diárias. E cada vitória tem o tamanho do seu desafio.
A história da Micromazza começou há 25 anos atrás, no dia 01 de abril de 1993. E no último dia 28 de abril foi escrita mais página nesse livro de memórias. A empresa promoveu uma comemoração especial para celebrar seu vigésimo quinto aniversário.
Durante a festa, fizeram-se presentes autoridades políticas da região, clientes, funcionários, amigos, familiares e demais convidados que de uma maneira ou de outra fizeram parte da história da empresa.
Para dar início à celebração, o Frei Lori fez uma reflexão sobre a construção da história de uma empresa bem como as dificuldades enfrentadas por ela no decorrer do tempo. O Frei deixou uma mensagem de superação, motivação e nos aconselhou a não desistir nunca e persistir em nossos sonhos.
Logos após, foi a vez do presidente, senhor Antônio Camana Filho fazer uso da palavra. Quem o conhece, sabe que não é muito chegado em discursos, porém, emocionou a todos contando sobre sua trajetória de vida pessoal e profissional, os desafios que enfrentou no decorrer dos anos e o apoio constante que teve da família.
Além disso, também foram homenageados os funcionários que completaram 15 e 20 anos de empresa, bem como os clientes mais antigos da área de Microfusão e de Válvulas. Cada funcionário recebeu uma placa comemorativa com sua própria caricatura. Os clientes receberam uma placa com mensagem alusiva a parceria de negócios.
Durante a homenagem aos funcionários, foram exibidos entrevistas e vídeos de familiares falando sobre eles. Foi um momento muito emocionante e especial, em que pudemos perceber o quão importante a empresa foi e ainda é na vida de cada uma dessas pessoas.
Também foi feita uma homenagem à colaboradora e sócia, Ledani Pocai, que é a funcionária que há mais tempo está na empresa, desde agosto de 1993.
Foram exibidos vídeos das empresas que fazem parte do grupo ACF e também uma mensagem do governador do estado do RS, senhor José Ivo Sartori. Foi possível acompanhar o crescimento da empresa no decorrer dos anos, a evolução tecnológica, o constante investimento em infraestrutura e o trabalho de equipe para construir uma história de muito sucesso.
Após finalizado o cerimonial, foi feito um brinde em honra ao aniversário de 25 anos da Micromazza e em seguida foi servido o jantar. A empresa também disponibilizou aos funcionários dois “espelhos mágicos”, onde era possível tirar uma foto e leva-la pra casa como lembrança deste dia tão memorável.
A festa ficou a cargo da banda Brilha Som e seguiu até às 3 horas da madrugada com muita dança e alegria.


Homenagem ao cliente Zegla


Homenagem ao cliente Dearborn


Funcionários homenageados que completaram 20 anos


Funcionários homenageados que completaram 15 anos


Caricatura dos funcionários homenageados no evento


Diretores de empresas do Grupo ACF

Fonte: ASCOM Micromazza

Novo Produto Micromazza – VÁLVULA GLOBO

A engenharia Micromazza, como sempre, desenvolvendo projetos para satisfazer e atender as necessidades de seus clientes e aumentar o portfólio de produtos da empresa, atualmente desenvolveu a válvula do tipo Globo.
Com a finalidade de obstruir ou controlar a passagem do fluxo, as válvulas Globo têm características diferentes de construções, dependendo de sua aplicação podendo ser do tipo: convencional, angular, Y ou 45°, fundo de tanque e globo não retorno.
O tipo mais utilizado é o convencional apresentado na Figura 1. Este modelo foi elaborado pela engenharia Micromazza nas bitolas: NPS 3”, 4”, 6”, 8” e 10” na Classe 150 e na Série – 810.
Na válvula do tipo Globo a montagem dos componentes internos é feita pelo topo, permitindo que, durante os trabalhos de manutenção, o corpo da válvula permaneça instalado, e apenas o castelo e as peças internas sejam retiradas como um único conjunto.
As válvulas do tipo Globo são utilizadas para bloquear a vazão do fluido na aplicação de modelos on-off ou para controlar o fluxo na aplicação de modelos do tipo controle.
Possui obturador que se deslocando em sentido linear para se ajustar a sede. Geralmente esta vedação é do tipo metal x metal, o que lhe garante aplicação à alta temperatura e pressão.
São indicadas para trabalhar com fluidos como: água, óleos, vapor, gases e líquidos em geral.
Algumas vantagens e características deste produto são:
* Utilizadas em ampla faixa de temperatura e pressão;
* Controle do fluxo do fluido;
* Estanqueidade total;
* Abertura e fechamento mais rápido do que as válvulas gaveta devido ao menor curso do obturador;
* A manutenção da vedação da sede e gaxetas pode ser realizada sem a remoção do corpo da linha.
* Perda de carga elevada;
* Sentido único de fluxo sendo sinalizado no corpo da válvula por uma seta indicativa.


Fonte: Engenharia Micromazza

Festa de Fim de Ano do Grupo Micromazza

No Sábado, dia 26 de novembro de 2016, o Grupo Micromazza realizou a Confraternização de Fim de Ano.
Estiveram presentes, além dos funcionários e direção, os representantes comerciais da Micromazza.
O almoço de confraternização foi realizado nas dependências da empresa. Foi servido churrasco, salsichão, pão, salada, sorvete e bebida. A festa foi um sucesso!
Agradecemos a participação de todos!

img_0178

img_0180

img_0181

img_0183

img_0184

img_0185

img_0186

img_0187

img_0189

img_0190

img_0192

img_0194

img_0196

img_0197

img_0199

img_0201

img_0203

img_0205

img_0206

img_0210

img_0213

img_0215

img_0218

img_0220

img_0223

img_0224

Fonte: ASCOM Micromazza